Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
Sexta, 12 Maio 2017 17:21
INICIATIVA

I Jornada da Inovação é promovida pela Sefaz a partir de junho

Inscrições começam no dia 15 e seguem até o fim de maio; todos os colaboradores fazendários podem participar

A primeira etapa contempla o intercâmbio de experiências e ideias para o planejamento de soluções e é dedicada, exclusivamente, aos fazendários A primeira etapa contempla o intercâmbio de experiências e ideias para o planejamento de soluções e é dedicada, exclusivamente, aos fazendários Foto: Ascom Sefaz
Texto de Tatyane Barbosa

A Secretaria da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) promove a I Jornada da Inovação nos dias 1 e 2 de junho. A iniciativa prevê o desenvolvimento de ideias inovadoras que possam ser convertidas em aplicativos móveis com foco nas tecnologias, produtos e serviços de caráter fazendário. A fase inicial do evento acontecerá na unidade administrativa em Jacarecica.

A primeira etapa contempla o intercâmbio de experiências e ideias para o planejamento de soluções e é dedicada, exclusivamente, aos fazendários. Na segunda, será realizada uma maratona de Hackathon, com duração de 72 horas para implementar as ideias colhidas na etapa anterior. Destinada a todos que se interessem pelo desenvolvimento de aplicações que mesclem o conhecimento acadêmico e o mercado profissional.

Para participar, os servidores devem acessar o site https://www.doity.com.br/1jisefazal e preencher seus dados pessoais nos campos apropriados do dia 15 até 31 de maio. Os interessados devem formar equipes compostas por no mínimo dois e no máximo cinco integrantes. Todos os membros devem ser indicados no formulário de inscrição, sendo um deles intitulado como o responsável pelo grupo.

As equipes que obtiverem as três melhores pontuações vão receber certificados e medalhas, receberão também a partir do Hackathon, prêmios no valor de R$ 10.000,00, R$ 5.000,00 e R$ 3.000,00 por membro, para utilizar em cursos de capacitação de livre escolha durante o exercício de 2018.

De acordo com um dos organizadores do evento, Marcelo Malta, as soluções propostas devem ser claras quanto ao valor que agregarão aos processos fazendários; definidas ao formato que deverão possuir; aderentes à possibilidade de disponibilização dos dados (questões de sigilo fiscal); passíveis de utilização do conceito de Produto Viável Mínimo; e indicadas para o público alvo (interno, externo, ou ambos).

Mais detalhes podem ser obtidos pelo Edital , bem como pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., ou link https://www.youtube.com/watch?v=b1I9Vvt9wg0 que contém as informações do evento.